quinta-feira, 15 de abril de 2010

E o assunto ainda é Jack contra o Reino

Salve gente.

Muita correria e pouco tempo pra postar. Mas enfim, consigo um tempinho atualizar isso. Sobre o site, nós estamos bem adiantados. Espero em breve já ter algo pra mostrar. Quem sabe, até a nossa home... O tempo dirá. ;)

Neste post trago a vocês um making off feito pelo Silvio DB, para o fórum da central de quadrinhos, onde ele mostrou todo o processo de criação da primeira página de Jack contra o Reino, desde o roteiro do Zé Wellington até a arte-final...

PREMISSA:
A ambientação gira em torno da seguinte pergunta: "O que aconteceria se o mundo de 'O Senhor dos Anéis' prosseguisse milhares de anos no tempo?" A tecnologia evoluiria como nosso mundo? Como seria essa relação computadores X magia? E a política, relacionamentos entre raças, etc? Como seriam os seres desse mundo mágico futurista? Essa é a premissa de JACK CONTRA O REINO, uma HQ de fantasia futurista, que bebe diretamente das influências de J.R. Tolkien, cruzando com Blade Runner e outros clássicos da ficção científica. São dois temas que eu gosto muito e achei que poderia gerar um resultado interessante e diferente.

Página 1
Quadro 1 - Essa edição de apresentação vai mostrar duas situações ao mesmo tempo. Na primeira, temos um diálogo entre um orc e um demônio. O orc narra uma uma batalha entre JACK e vários robôs nos limites do Reino. Na outra situação veremos a tal batalha. Neste quadro vemos em plano médio um robô sentado numa guarita de pedágio. Você imagina aqueles postos que ficam nas fronteiras dos países, onde uma pessoa que passa tem que apresentar documentos a um guarda (no caso, o robô). O robô aqui pode se assemelhar muito a aparência humana, mas podemos colocar o queixo e a mandíbula com uma parte de ferro, ou algum detalhe cibernético para que o leitor o identifique como um robô. Pensei nessas máquinas sem pupilas também. Ele usa uma farda parecida com a de um guarda comum, com gravatinha e uma coroa de rei estilizada bordada no bolso esquerdo da jaqueta. Ele está parado cumprimentando alguém que se aproxima a pé de sua guarita.

DEMÔNIO (em off)
25 máquinas... É isso mesmo?

ROBÔ NA GUARITA
Boa noite, senhor, queira apresentar seus documentos para entrar em território protegido do Reino.


Quadro 2 - Quadro semelhante ao anterior (você pode até colocar dentro do mesmo plano, para parecer mais com uma continuação direta dele). Um pé atravessa a janela da guarita, estraçalhando o vidro dela e a cabeça do robô que lá estava. Temos uma onomatopéia para a pancada.

ORC (em off)
Na verdade foram 26... Tinha o robô da guarita também...

Quadro 3 - Aqui aparecem os dois personagens que conversam em off durante os dois primeiros quadros: um é um demônio, do tipo mais reptiliano e escamoso, de terno e gravata bem passados, e outro um orc, com um uniforme semelhante ao que o robô da guarita estava usando (é um detalhe que é bom ficar evidente). O orc, claramente nervoso e algumas gotas de suor na testa, narra a história para o demônio, que parece impaciente a sua frente, mas dando as costas para ele.

DEMÔNIO
Céus! Quanto pagamos por essas máquinas, hein?!

ORC
Eu acho que caro, senhor...

Quadro 4 - Temos uma continuação do quadro seguinte. Podia ser no mesmo ângulo, mas talvez fosse interessante mudar a "câmera" para o lado oposto do cenário, atrás do ORC, que aparece em primeiro plano assustado com uma virada brusca do DEMÔNIO, que agora estaria de frente para ele, ainda com uma postura impaciente, mas não irritado ainda, com um olhar com um tom de ironia encarando o ORC.

DEMÔNIO
Desde que proibiram a escravidão dos orcs o rei tem investido muito nesses robôs controlados por magia... Maldita tecnologia... Eu ainda preferia quando podíamos chicotear vocês... Era garantia de que o trabalho seria feito!

_____________________________________________________


"O Roteiro inicial é de cinco páginas que funcionarão como um preview da saga. Isso posto, comecei as concepções. Depois de alguns estudos, cheguei ao visual do personagem principal, Jack o Elfo :

Com o Concept aprovado, passei para a interpretação do roteiro. O Layout das páginas é horizontal o que ger um certo estranhamento para se trabalhar, mas nada que dure mais do que uma página. Depois de ler e reler o roteiro, cheguei ao seguinte layout:



olhei então a logomarca que aparece no bolso do guarda robô e do orc. Essa logo vai aparecer mais vezes na série, logo fiz a mesma no photoshop e transformei em brush:



Em seguida fiz o lápis. Não ampliei o layout e passei para a página definitiva na mesa de luz como alguns fazem. Preferi trabalhar tudo na página principal. Essa página foi bem simples e foi feita em uma manhã (layout e desenhos). Como a arte final seria minha mesmo, deixei o lápis um pouco mais solto que o habitual. Usei uma lapiseira 2.0 Koh I Nor sobre papel diagramado para quadrinhos da comix:



Em seguida parti pra arte final. Usei basicamente um pincel da marca tigre série 309 Kolinsky pra quase tudo,. Alguns detalhes fiz com pena ou com caneta pigment line da Staedler (linhas retas ou que exigissem um pouco mais de precisão. Taí o thumnail pra uma foto bem grandona onde dá pra ver alguns detalhes:



Arte finalizar seu próprio trabalho te dá uma garantia de que o resultado final fique conforme o planejado. Nesse caso gastei umas cinco horas para a arte final. Em seguida fiz o efeito sonoro e o letreiro no photoshop, tratei a imagem e o resultado final ficou esse daí:



O processo todo durou um dia de trabalho e foi muito prazeiroso."

Pra encerrar, fiquem com mais um pouco da arte de Silvio DB.



Um abraço a todos e fiquem ligados para mais novidades.

3 comentários:

Icaro Alves disse...

Demais!

Zé Wellington disse...

Prazeroso é ver essa página pronta! Parabéns!

fernandes disse...

Muito bacana. Observar esse momento é foda!

Boa sorte pra vocês!